Valor da cesta básica sobe em outubro em Curitiba, diz Dieese

O preço da cesta básica custou, no último mês de outubro, R$ 282,97 em Curitiba, o que representa uma alta de 0,91% em relação ao mês de setembro. Com essa variação, o aumento acumulado este ano chegou a 13,81%, e a 15,04% nos últimos 12 meses, conforme mostram os resultados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica, divulgada ontem (5) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Segundo o levantamento, os produtos que tiveram maior variação de preço em relação ao mês de setembro na capital paranaense foram a batata (29,37%), o arroz (9,73%), o óleo de soja (2,78%) e a manteiga (2,56%).

Por outro lado, os alimentos que menos tiveram queda ou altas menores foram o tomate (-11,64%), o café (0,25%), o leite (0,53%) e a carne (0,68%).

O valor total dos gêneros alimentícios essenciais da cesta básica custou ao curitibano 100 horas e cinco minutos de trabalho, quase uma hora a mais do que no mês de setembro. Considerando uma família formada por quatro pessoas (um casal e duas crianças), foi necessário 1,36 salários mínimos para satisfazer as necessidades alimentícias do lar no mês de outubro deste ano.





Esta é a sétima variação positiva do valor da cesta básica em Curitiba desde o mês de janeiro deste ano. A média das horas de trabalho necessárias neste período chega a 92 horas e 52 minutos, e do comprometimento do salário mínimo líquido a 45,91%.

Fonte: Gazeta do Povo

Valor da cesta básica sobe em outubro em Curitiba, diz Dieese
4.8 (96%) 80 votos




Deixe seu comentário