A Catedral de Curitiba é o principal templo da Arquidiocese de Curitiba. Foi edificada entre 1876 e 1893, sendo o atual templo o terceiro dedicado à Nossa Senhora da Luz dos Pinhais. Também é sede da Paróquia de mesmo nome, que foi criada 1668, quando Curitiba ainda era apenas uma vila e quando estávamos no território do Bispado do Rio de Janeiro.

É Catedral pois é a sede da Cátedra do Arcebispo Metropolitano, cabeça da Igreja Particular de Curitiba, de onde rege e pastoreia a porção do povo de Deus a ele confiada pelo Santo Padre. 

Catedral de Curitiba

O atual Arcebispo Metropolitano de Curitiba é Dom José Antônio Peruzzo, que tomou posse em 19 de março de 2015, Solenidade de São José, esposo da Virgem Maria e Patrono Universal da Igreja.

É Basílica Menor pela sua importância histórica e beleza artística e arquitetônica. Esse título de Basílica é concedido pelo Papa a algumas igrejas ao redor do mundo. A Catedral-Basílica de Curitiba recebeu o título pelas mãos do papa São João Paulo II, em 1993, pela ocasião do I Centenário de sua inauguração. Esse título une mais diretamente esta igreja ao Santo Padre e a Santa Sé; é dita “Menor” pois as Basílicas Maiores são as Patriarcais, aonde o Papa celebra com mais frequênci. Pela honraria, temos direito a alguns privilégios, como precedência quanto da visita do Papa na localidade em que está a Basílica, ou ainda as insígnias próprias, como o Umbraculum – espécia de cobertura semelhante a um guarda-chuva que é carregado nas procissões e estampado no Brasão de Armas – e o Tintinabulum – um sino aclopado em um ornamento de madeira que também é levado nas procissões que partem da Basílica ou a ela se dirigem.

Como Paróquia atende normalmente a distribuição dos sacramentos, como batizados e casamentos, e ainda os da Iniciação Cristã, dados após a Catequese, que também oferecemos: Primeira Eucaristia e Crisma.

Catedral de Curitiba História

Em 1720, aproximadamente, com grande alegria os moradores da dita vila inauguraram a Antiga Matriz de Curitiba, em estilo colonial português. Muito mais ampla que a anterior, era feita de barro e de pedra.

Ao mesmo tempo em que a Antiga Matriz era demolida, o atual templo de Nossa Senhora da Luz era erguido, em parte usando materiais da antiga igreja, da doação de fiéis e da doação do estado e do município. O projeto, realizado em estilo neogótico, é do Conde Alphonse Des Plas, arquiteto francês, sendo a fachada de Luigi Pucci.​





Foi inaugurada em 7 de setembro de 1893, como Matriz de Curitiba, pelo então Vigário Alberto José Gonçalves. Passou a ser Catedral em 1894, quando tomou posse o 1º Bispo Diocesano de Curitiba, Dom José de Camargo Barros, aos 30 de setembro daquele ano. Em 6 de setembro de 1909 foi solenemente dedicada pelo então Bispo Diocesano Dom João Francisco Braga. A partir de 10 de maio de 1926, quando Curitiba foi elevada à Arquidiocese, chamou-se Catedral Metropolitana.

Catedral de Curitiba Confissões

Os horários de confissões são os seguintes:

– Terça a sexta-feira: das 10h30 às 11h30 (no Confessionário)

– Terça a sexta-feira: das 14h30 às 16h (na Secretaria)

Catedral de Curitiba Missas

Os horários de missas seguem o seguinte calendário semanal:

  • Domingo: 8h30, 10h e 18h
  • Segunda a sexta-feira: 12h e 18h
  • Sábado: 12h e 15h

Catedral de Curitiba Fotos

Catedral de Curitiba Fotos

Horário de Funcionamento Catedral em Curitiba

  • Segunda das 11h às 19h / Terça a domingo das 7h às 19h

Endereço e Telefone Catedral em Curitiba

  • R. Barão do Serro Azul, 31 – Centro – Curitiba – PR
  • Telefone: (41) 3324-5136

Outras informações e site

Mapa de localização

Catedral de Curitiba
5 (100%) 1 voto